• Postado: 28/04/2017 - 11:25
  • editado: 28/04/2017 - 11:25
  • Autor: pbatual
«« Voltar

Paralisações interditam trânsito em Campina Grande, Monteiro e Patos, na Paraíba

A cidade de Campina Grande amanheceu nesta sexta-feira (28) sem transporte público. Os motoristas da principal empresa de ônibus foram até a garagem para cumprir expediente, mas não saíram com os veículos pelas ruas. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transporte Público do município (STTP), 100% da frota estava parada até as 9h, mas o órgão conversa com o movimento grevista para tentar colocar pelo menos 30% da frota para rodar.

 

O presidente da empresa Nacional informou que os motoristas só voltam a trabalhar caso alguma decisão judicial seja expedida obrigando a circulação da rota mínima. A expectativa, contudo, é que esta decisão saia até umas 10h.

 

O reflexo da situação foi visto no Terminal de Integração, pois nas primeiras horas da manhã, o local estava completamente vazio. A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Campina Grande (OAB-CG) informou que vai integrar a paralisação.

 

Manifestação

 

Na Praça da Bandeira, no Centro, manifestantes interditaram as ruas Marquês do Herval, Maciel Pinheiro e Venâncio Neiva e realizam protesto em frente a estabelecimentos abertos. Segundo informações da TV Paraíba, os manifestantes param em frente às lojas e incentivam os funcionários a participar da manifestação.

 

A manifestação é contra as reformas da previdência e trabalhista. De acordo com a organização do protesto, cerca de 3,5 mil pessoas participam do ato. A PM não informou o número de participantes até as 9h50.

Serviços paralisados

 

 

As agências bancárias em toda Paraíba estão fechadas nesta sexta-feira (28) porque os bancários aderiram à paralisação. As escolas públicas também não vão ter aulas.

Sertão e Cariri

 

 

Também foram registradas manifestações nas cidades de Patos e Sousa, no Sertão, e Monteiro, no Cariri do estado. Em todas as cidades, os manifestantes foram às ruas com bandeiras e carros de som. Em Patos e em Sousa, os atos acontecem no Centro da cidade. Segundo a PM, na cidade de Sousa o protesto reúne cerca de 2 mil pessoas. Em Patos não há informações do número de manifestantes. Em Monteiro, a manifestação acontece na entrada da cidade, na BR-412. O número de manifestantes também não foi divulgado.

 

Do G1

 

 

 

Comentários (0)

        Publicidade
        0
        0
        0
        0
        0